História

A comunidade terapêutica Fazenda Vida e Esperança (Cotefave) foi criada em 19 de agosto de 2002, como sociedade civil sem fins lucrativos, buscando a partilha solidária das necessidades, das tarefas e das soluções dos problemas, sem discriminar cor, raça, sexo ou ideologia política, mantendo seu caráter ecumênico e despertando o sentido religioso para uma vivência da espiritualidade que motiva o encontro com Deus da vida, do acolhimento e da misericórdia.

Defrontados com a realidade na área de dependências químicas e movidos pela Campanha da Fraternidade do ano de 2001 “Vida sim, Drogas não”, tomamos a iniciativa de realizar este trabalho e de mobilizar a sociedade para que de alguma forma possa enfrentar esse problema que cada dia se agrava nas várias esferas da sociedade.

Na verdade as drogas, ao longo da história da humanidade, sempre estiveram presentes. Contudo, a dimensão dos problemas por elas causados aliado a fatores em que muito favorecem isso, faz deste um flagelo que afeta a sociedade do mundo todo.

Com a finalidade de contribuir para minimizar, já que solucionar parece utopia, nasceu a Comunidade Terapêutica Fazenda Vida e Esperança. A COTEFAVE é uma organização Não Governamental que tem como missão a prevenção em três níveis. Prevenção Primaria: o objetivo é evitar a ocorrência do problema-alvo, isto é, diminuir a incidência. Previne o uso da droga antes que ele inicie (antes do primeiro contato com o produto). Secundária: ocorre quando já começa a surgir o consumo de drogas. O objetivo é evitar que a doença da Adicção a Drogas já se instale detectando e fazendo o encaminhamento necessário. Terciária: quando a Adicção a Drogas já se acha instalada requerendo assim uma intervenção mais incisiva.